sábado, 10 de abril de 2010

Celibatarismo

Eis outra característica marcante e famosa de minha personalidade. Eu dizer ser celibatária para as pessoas parece o mesmo que dizer que o papai noel existe, ninguém acredita.
Muitas pessoas me falam do meu emagrecimento, da minha vaidade, e relacionam isso ao fato de ser celibatária. Me perguntam? Se és só, porque quizeste ficar bonita? Por que te maquias? Por que te arrumas? Para mim oras!
Mas já entendi que isso é difícil demais para as pessoas compreenderem. Hoje eu entendo bem a polêmica relacionada ao padre Fábio de Mello. Só porque ele é um homem bonito, pratica atividades físicas, se veste bem, alguns desacreditam de sua castidade. As pessoas esquecem que ele é mais, mas muito mais lindo por dentro que por fora. Para entender o celibatarismo de uma pessoa, não se pode olhar com os olhos do corpo, mas com os olhos do Espírito, porque quem é celibatário, vê a vida com esses olhos. Entenda que muitas pessoas aparentam ser o que não são, e não aparentam ser o que são. E que muitas pessoas que foram, já não são mais, pois a vida é transformação. Entendam que por mais que se viva, sempre terão pessoas que farão coisas que não compreendemos, e que não acreditamos muitas vezes. Entenda que muitas vezes a mentira é mais fácil de ser acreditada do que é a verdade, pois é como eu sempre digo, a mentira foi feita para agradar aos ouvidos, mas a verdade não. A verdade não precisa de explicação, ela simplesmente é.

Um comentário:

Amanda disse...

Poucos são os que nos compreendem, e somente aqueles que preticam o celibato sabem defini-lo em sua plenitude. Eu tal como tu, experimento um princípio de libertação do corpo físico e enrriquecimento da alma; aperfeiçoando minha consiência, meu espírito... Livre de vicissitudes que nos regridem ao homem primitivo e inconsequente, escravo de seus instintos e falsas interpretações.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...